O Minha Casa Minha Vida é um programa habitacional do governo que visa financiar moradias para a população brasileira de baixa e média renda. Minha Casa Minha VidaEle funciona da seguinte maneira: é necessário fazer a inscrição no programa através da prefeitura da sua cidade. Em municípios maiores é possível ser inscrever através da internet. Para obter essa informação acesse o site da sua cidade da internet. Provavelmente haverá um formulário de contato, caso não queira se deslocar até o local onde está a sua prefeitura, envie um email solicitando informações.

Recentemente o Governo criou o programa Minha Casa Minha Vida 2 onde serão construídas em todo o Brasil mais de 3 milhões de casas através do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC.

Como funciona o Minha Casa, Minha Vida

A grande vantagem deste programa habitacional do governo é que você pagará por um imóvel que será seu, ou seja, não é como o aluguel. O financiamento através do Minha Casa Minha Vida pode ser feito por famílias que tenham renda familiar de 0 até R$ 5 mil reais. Qualquer família pode ser contemplada com uma casa. Confira abaixo a lista de quem pode ser inscrever no programa:

  • Renda Familiar de 0 a 3 salários mínimos – Pode financiar até R$ 52 mil (depende da cidade)
  • Renda Familiar de 3 a 10 salários mínimos – Financiar até R$ 130 mil (depende da cidade)
  • Renda Familiar maior que 10 salários mínimos – Neste caso poderá ser usado o FGTS e haverá redução de juros e impostos.

Para famílias de baixa renda que recebem menos de 3 salários mínimos é necessário ir até à Secretaria de Habitação da cidade que residem para que obtenham mais informações. Outra alternativa é acessar o site do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal ou ainda ligar através do 0800 726 0101 da Caixa e escolher a opção 4 para falar com as atendentes.

Sobre o programa habitacional

  1. Para se inscrever se informe em plantões de vendas em sua cidade. Também é aconselhável ir até a prefeitura ou agências da Caixa para saber mais sobre o projeto habitacional e saber direitinho como deve fazer a inscrição.
  2. Os financiamentos podem ser feitos de no máximo R$ 130 mil reais para quem está na faixa de renda até 10 salários mínimos.
  3. Famílias com renda familiar de até 3 salários mínimos poderão pagar parcelas de R$ 50 reais por mês de acordo com regras de financiamento da Caixa.
  4. O beneficiado só começa a pagar depois de entrar na casa nova.
  5. Pessoas que trabalham na rua e que não tenham como comprovar renda também podem se inscrever no programa.

Ainda tem dúvidas? Então baixe a cartilha do programa Minha Casa Minha Vida no site da Caixa e leia atentamente todo o manual. Para esclarecer outras dúvidas vá até uma agência da Caixa Econômica Federal em sua cidade. Boa sorte!

Simulador da Caixa

Acessando o site oficial do programa é possível obter mais informações sobre as diversas faixas de renda assim como o financiamento.  Além disso, você poderá acessar e baixar uma cartilha completa, saber mais sobre o programa Minha Casa, Minha Vida e até simular um financiamento.

Para simular um financiamento da Caixa é só escolher a faixa de renda que sua família se encaixa e clicar no botão “Simulador”.  Depois é só preencher se é uma pessoa física ou jurídica, escolher o tipo de financiamento e imóvel que quer financiar, cidade, estado, valor aproximado do imóvel, renda bruta da família e informar se possui algum convênio.

Você ainda pode preencher o campo caso tenha mais de 3 anos de FGTS e se já foi beneficiado alguma vez através do FGTS/União.  Por último é só informar a data de nascimento da pessoa mais velha da família.

Serão mostrados os tipos de financiamentos disponíveis e o valor que deve ser dado de entrada, o valor a ser financiado e o prazo para pagamento, em meses. Clicando em calcular é possível ver quanto deverá pagar por mês até quitar o seu imóvel.

Vale lembrar que os valores são apenas uma estimativa. Para os beneficiados do programa Minha Casa, Minha Vida ainda existem diversas outras vantagens.